Make your own free website on Tripod.com

Modos Gregos

Home
Acima
Release
Classificados
Cursos
Espaço
Favoritos
Download

 


Escreva-me!

 

Modos Gregos


Sistema Modal
Um modo é uma série de notas, como uma escala, na qual existe uma principal, à qual todas as outra estão relacionadas. A primeira e última notas da oitava é sempre a nota principal, em qualquer modo. Esta é a nota que estabelece a "tonalidade" do modo; a seqüência de tons ou semitons estabelece a sua "modalidade", ou seja, sua sonoridade própria.

As características sonoras de cada modo apresentado a seguir podem ser transportadas para qualquer tonalidade, desde que sua seqüência de intervalos original não seja alterada.

 Modo Jônico

Foi o predecessor da escala maior diatônica. Possui a mesma seqüência de intervalos e, portanto, a mesma sonoridade.

 Modo Jônico (no tom de C)


Abaixo está um formato muito usado por guitarristas como modo Jônico com a tônica na 6a. corda. Para facilitar a visualização e memorização, a tônica do modo está em azul. Acredito que desta maneira fique fácil para o guitarrista transpor para outras tonalidades.
PS. Os números dentro do circulo equivalem aos dedos que "devem ser usados na digitação", (normalmente dão um resultado melhor, mas podem existir casos de variação dependendo da execução). 


 

 

 Modo Dórico

Este é um modo menor. Difere da escala menor natural (modo eólio) apenas na 6a. nota, que é aumentada meio tom em relação à ela. Muito adequado para seqüência de acordes menores (por exemplo: Im, IIm, III, IV, Vm e VII), que adquirem, assim, um toque jazzístico.

 Modo Dórico (no tom de C)

 

 

 

 

 Modo Frígio

Este também é um modo menor. Difere da escala menor natural (modo eólio) apenas na 2a. nota, que é diminuída de meio tom em relação à ela.

 Modo Frígio (no tom de C)

 

 

 

 

 Modo Lídio

Agora este é um modo maior. Difere da escala maior diatônica (modo Jônico) apenas na 4a. nota, que é aumentada de meio tom em relação à ela. Note que ela é exatamente o modo Jônico 5 tons acima.

 Modo Lídio (no tom de C)

 

 

Note que ela é exatamente o modo Jônico 5 tons acima.
Seguindo o exemplo no tom de C, 5 tons acima teremos a escala de G. Então compare as duas.

 Modo Jônico (no tom de G)

 

Notou que são exatamente as mesmas notas?

 

 

 

 Modo Mixolídio

O modo mixolídio possui a 7a. nota diminuída meio tom em relação ao modo jônico. Este modo é muito utilizado na improvisação tanto no Blues como no Jazz.

 Modo Mixolídio (no tom de C)

 

 

 

 

 Modo Eólio

Este é o modo que foi o predecessor da escala natural diatônica menor. Possui a mesma seqüência de intervalos e, portanto, a mesma sonoridade.
Neste modo a 3a., a 6a. e a 7a. notas são diminuídas de meio tom em relação ao modo jônico.

 Modo Eólio (no tom de C)

 

 

 

 

 Modo Lócrio

Neste modo com exceção da 1a. (tônica) e da 4a. nota, todas são diminuídas de meio tom em relação ao modo jônico.
Este modo desempenha um papel importante na músicas japonesas e indianas, mas é pouco utilizado nas músicas ocidentais.

 Modo Lócrio (no tom de C)